CEETO EM DESTAQUE

Audiência pública debate representatividade do Conselho de Consumidores e assuntos ligados ao fornecimento de energia elétrica no TO

Evento contou com apresentações de entidades e interação com público

23/03/2022 às 10:50

Audiência pública debate representatividade do Conselho de Consumidores e assuntos ligados ao fornecimento de energia elétrica no TO

Foi realizada na manhã desta terça-feira, 22, a Audiência Pública do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Tocantins (CEETO) n° 001/2022. A reunião ocorreu no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em Palmas.

Durante o evento, foram apresentadas as principais competências do Conselho, as entidades que o compõem e debatidos assuntos ligados ao fornecimento de energia elétrica.

Na abertura, o presidente do CEETO, Rudnei Fonseca, defendeu a importância da reunião pública por possibilitar a entidades de diferentes segmentos sociais apresentarem as atividades que desenvolvem, além de permitir a participação popular. “Esta audiência é importante para discutir a representatividade das entidades que irão continuar no Conselho nos próximos  quatro anos. Nós precisamos do trabalho de todos para estarmos sempre unidos em defesa dos direitos do consumidor e buscarmos um fornecimento de energia cada vez melhor”, completou o gestor.

O vice-presidente do Conselho, Antônio Davi Gouveia, ressaltou a relevância da integração do Conselho e entidades representativas ao tratarem sobre consumo de energia elétrica: “A importância do Conselho é ter máxima representatividade dos diversos segmentos que integram a sociedade, servindo de instrumento e ponte entre esses segmentos e a companhia distribuidora de energia elétrica”, explicou.

O secretário executivo da Governadoria, César Hallum, esteve presente e defendeu a necessidade dos consumidores terem conhecimento dos seus direitos e de como reivindicar os mesmos. "O Conselho é o caminho, é a estrutura, é o instrumento mais correto e mais legítimo que o consumidor possui. Fico muito feliz em participar de um evento assim. É preciso que haja uma participação dos consumidores quando o Conselho convoca. O consumidor tem que entender que ele é parte interessada e ele ajuda no fortalecimento do CEETO, ficando do lado de quem o protege", complementou.

Já a representante da Federação das Associações Comunitárias e de Moradores do Tocantins (FACOMTO), Maria do Carmo Ribeiro dos Santos, considera fundamental a representação do Conselho junto à sociedade. "Eu digo isso pois mesmo as pessoas que não entendem os assuntos técnicos, indiretamente se sentem representados, pois o CEETO é a representação da sociedade. Eles trazem demandas importantes sobre o consumo de energia elétrica e isso o faz um Conselho muito atuante no Brasil.

Apresentações

Durante a audiência, ocorreram painéis com apresentações das instituições participantes. O engenheiro eletricista Luciano de Carvalho Rocha, representante da FIETO no Conselho de Consumidores de Energia Elétrica, abordou os temas “Direitos e Deveres dos Consumidores”, “O papel do Conselho e as ações realizadas”, e “Geração Distribuída no Tocantins: Energia Solar”.

Já os representantes da Energisa Tocantins, Julio Cesar Moura Veloso e Leandro Fernandes da Costa, explanaram sobre o tema “Energia Elétrica, fornecimento da energia elétrica, satisfação do cliente e sustentabilidade”.

Que também fez apresentação foi o diretor do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento (IFPD), Valdinei Pinto, que representa a classe de consumidores comerciais e assumiu uma vaga conselheiro suplente no CEETO. Ele explicou a atuação de entidades como o Serviço Social do Comércio (SESC) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). “Queremos contribuir ativamente com os trabalho desenvolvido pelo CEETO em prol dos consumidores”, afirmou.  

Participação

A audiência teve participação de representantes das seguintes entidades que compõem o Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Tocantins (CEETO): Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (FAET), Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (FECOMÉRCIO), Federação das Associações Comunitárias e de Moradores do Tocantins (FACOMTO), Defensoria Pública do Estado do Tocantins e da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon) Tocantins.

Além disso, estiveram presentes integrantes de instituições convidadas: Serviço Social do Comércio (SESC), Instituto Federal do Tocantins (IFTO). Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Tocantins (CREA-TO), Faculdade de Palmas (FAPAL) e Secretaria Estadual da Agricultura (Seagro). 


Créditos do Texto: Ascom Ceeto
Créditos da Imagem: Ascom Ceeto